Roupas Térmicas: Conceito do Sistema de Camadas

Roupas Térmicas Conceito do Sistema de Camadas

Roupas Térmicas: Conceito do Sistema de Camadas

O sistema de camadas tem como princípio segregar, em peças diferentes, as várias funções que o vestuário precisa cumprir, com o objetivo principal de preparar o corpo para todas as mudanças climáticas que possam surgir.

Este sistema é também, muitas vezes, conhecido pelo princípio das três camadas, pois cada uma dessas camadas é responsável por uma necessidade a seguir:

  • Conduzir a transpiração para o exterior;
  • Manter a temperatura corporal ideal estável;
  • Proteger dos elementos da natureza – chuva, vento, neve.

Cada camada serve a um diferente propósito e trabalha conjuntamente com as demais para manter a pele seca, aquecida e confortável.

A versatilidade deste conceito permite que você adicione ou retire uma camada para manter o conforto durante diferentes atividades e condições climáticas.

Outro ponto relevante é que camadas finas sobrepostas mantêm melhor a temperatura do que uma ou duas camadas mais grossas, e ainda, ocupam menos espaço para carregá-las.

Primeira Camada ou Camada Interna

Também conhecida como base layer ou segunda pele, trata-se da camada que deve ser usada em contato direto com o corpo.

A principal função da primeira camada é afastar a umidade do suor da pele, ajudando na regulagem térmica corporal.

Como a água é um excelente condutor térmico, o corpo ficará com frio rapidamente se o suor não conseguir escapar da superfície da pele. Por isso, tenha bastante atenção ao escolher sua primeira camada, levando em consideração algumas características importantes como:

  • Umidade,
  • Secagem rápida,
  • Sensação contra a pele e
  • Resistência ao odor.

Além disso, é fundamental sempre optar por roupas térmicas compostas por poliéster ou lã merino.

Esses materiais térmicos já foram testados, validados e indicados para diversas situações; basta avaliar sua gramatura e tecnologia aplicadas para um melhor resultado final.

Para atividades muito intensas, nas quais vai transpirar muito, opte por uma segunda pele com uma gramatura mais leve, mesmo que as temperaturas sejam baixas.

Para atividades moderadas, realizadas em ambientes de “inverno”, opte pelas gramaturas intermediárias.

Nestes casos, a atividade tende a alternar os momentos de esforço, nos quais pode transpirar bastante, e momentos mais estáticos, nos quais precisa de algum poder térmico para manter a temperatura corporal.

Por fim, escolha gramaturas maiores apenas quando estiver em ambientes muito frios com temperaturas abaixo dos -15ºC ou se estiver num contexto estático.

Segunda Camada ou Camada Intermediária

Conhecida também como mid layer, sua principal função é reter o calor e continuar a transportando o vapor de suor para longe do corpo.

Essa proteção térmica deve existir em casos de frio moderado e/ou mais intenso e pode ser combinada de diferentes formas por cima da segunda pele e por baixo do casaco corta-vento/impermeável.

São considerados produtos leves, com secagem rápida.

Os tipos de mid layers podem variar bastante: pode ser tanto um fleece quanto uma peça com enchimento pena de ganso ou sintético. A escolha correta da segunda camada dependerá das condições de tempo e do tipo da atividade a ser realizada.

Os fleeces mais leves são bem práticos para atividades com alta produção de calor. Os fleeces mais pesados são mais adequados para atividades de frio mais intenso. Já os mid layers com enchimento tipo pena de ganso ou enchimento sintético são adequados para ambientes de frio extremo e situações de pouca ou nenhuma atividade.

A camada intermediária pode ser composta por várias peças

A divisão do sistema de camadas ser em três camadas, não quer dizer que seja necessário ter sempre três peças no de roupa vestidas.

Pode-se usar apenas a primeira camada se estiver calor; mas, em ambientes muito frios, a camada intermediária pode ser composta por dois fleeces, um fleece e um casaco de penas, ou qualquer outra combinação.

Com esta subdivisão da camada intermediária, evidencia-se a flexibilidade que o princípio do sistema de camadas oferece.

Camada Protetora ou Camada Externa

A camada externa, também conhecida como Shell, é a principal barreira defensiva contra o vento, a chuva e a neve.

Estes elementos da natureza são os grandes responsáveis por “roubar o calor do corpo”.

São representados desde os corta ventos ultra compactos – com função apenas de bloquear o vento – até as jaquetas impermeáveis com membrana impermeável e transpirável.

Deve ser vestida por cima da segunda pele e do mid layer em dias mais extremos ou, no caso da jaqueta, por cima de uma camiseta com proteção solar em dias quentes.

Independentemente da roupa que escolher usar, lembre-se sempre que o princípio das camadas só vai funcionar se a temperatura do corpo estiver equilibrada. Se começar a sentir muito calor, ajuste as camadas o quanto antes, ou seja, tire uma das peças ou abra o zíper de forma que aumente sua respirabilidade.

O objetivo do sistema de camadas é oferecer flexibilidade e conforto térmico. Por isso, ajuste as camadas da maneira que achar melhor de acordo com a atividade e as condições climáticas que irá enfrentar.


E aí, ficou com alguma dúvida sobre o conceito de sistema de camadas? Deixe um comentário aqui pra gente!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *